dos céus à terra

Uma vez alguém  muito querido me levantou o questionamento se as nuvens não seriam mensagens que o Universo, Deus, ou o que quer que queiram chamar, nos enviasse a cada dia, e nós, cegos, não soubéssemos interpretá-las.

Add to FaceBookAdd to Twitter

Apreciar demoradamente o formato das nuvens, sentir com os olhos seu toque aveludado, desfrutar a suas sombras amigas em uma tarde de ócio, ou abrigar-se da aspereza escura que prescede a tormenta. Observar os céus é mais que um exercício contemplativo, é uma busca por compreensão.

O homem ergue monumentos, torres de babel, pretenciosas, que dizem arranhar o céu, mas arranham apenas seu próprio ego inflado. Ergue mais singelos, filetes curvos de aço para iluminar a noite. Descobre meios para ascender às nuvens, para perfurá-las, deslizar sobre elas, apreciá-las mais de perto.

No fim das contas, não importa o que façamos, elas permanecerão entre nós, ou além de nós, rasteiras como em uma névoa matinal ou altivas como em gélidas cirrus. São elas a forma visível mais leve da água em nossa fina atmosfera, o corpo astral de Gaia, dinâmicas peças do ciclo da vida.

Convido você a pausar seu dia e apreciar as nuvens. Quem sabe será capaz de interpretar, de alguma forma, uma mensagem nelas oculta.

2 thoughts on “dos céus à terra

  1. Maria Laura

    Vitor,
    Lindas fotos. Compartilho com você o gosto de fotografar as nuvens, principalmente a bordo. Elas sempre me intrigaram. Abraço

    Reply
  2. marcia rocha

    Vitor, conexão com todos os elementos do planeta. Muito linda sua proposta de trabalho e excelentes clics,

    Reply

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s