Branca Vitrine

Add to FaceBookAdd to Twitter

Tal como produtos em uma vitrine, os esquiadores em Bariloche desfilam sentados em gôndolas. A brancura da montanha lhes serve de moldura ideal para eliminar qualquer ruído, e tudo que podem e desejam é serem o reflexo de uma vida que compram na prateleira, ícones, congelados em sua espontaneidade artificial, forçosamente estáticos.

Entre os momentos que desfilam nessa branca vitrine ocupam-se em descer a montanha, e ali podem ser verdadeiramente donos de si, donos do som da neve deslizando e do vento gélido no rosto.

Logo serão produtos em uma vitrine branca, e não restará outra opção senão sorrir, e acenar.

Fotos tiradas ao longo de um dia passado no Cerro Catedral, Bariloche, Argentina. Julho de 2010.

Outros ensaios de Bariloche: A Pele de Gaia, Partículas de Consciência, Individualidade, Dare to dare 2011.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s