olha pra dentro

O destino anda longe, mas não há engano, os sinais são claros…

há mudanças adiante.


A imagem ainda não está formada,


mas os sinais são claros.

A mudança vem, ainda que lenta… paciência.

Espera.

observa,

enxerga na sombra quem você é,

mas não esquece que a sombra só existe na luz.

Olha pra baixo, o quão longe chegou?

olha pro lado, quem lhe estende a mão?

olha pra dentro, que pensamentos ali brotam?

olha pra dentro.

pensamentos…

turvos pensamentos,

distantes pensamentos,

lembranças…

lembra do dia em que aprendeu a andar?

lembra das conchas que com esmero colheu?

e depois devolveu ao mar?

veja o quão longe chegou. E não esqueça…

 para haver sombra, há de haver luz.
______
outros ensaios relacionados: Colors of Destiny, Freedom of Life, Deslocamentos

5 thoughts on “olha pra dentro

  1. Lêda Maria Lopes Gonçalves

    ADOREI! POESIA PURA, VC ESTÁ “CRESCENDO” EM AMOR E SABEDORIA, A FOTOGRAFIA SE ASSOCIOU À POESIA PARA VIBRAR UMA ENERGIA DE PURO AMOR, ADOREI! SUCESSO, LEDA MARIA.

    Reply

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s